Em 1995 os moradores da comunidade de Cabo Pulmo, todos de uma mesma família, decidiram proteger os arrecifes existentes em frente a sua comunidade, proibindo, a partir de então, qualquer tipo de pesca industrial e até mesmo artesanal, que passou a ser feita fora daquela área.

 

Futuramente, em uma iniciativa do governo que acompanhou o que já havia sido feito pelos moradores, criou-se o Parque Nacional Marinho de Cabo Pulmo.

 

Cada vez com mais frequência, temos nos deparado com iniciativas como essa, onde a comunidade passa a tomar conta dos recursos naturais aos quais está intimamente ligada e dos quais depende, assumindo um papel que seria inicialmente do Poder Público (Governos).

 

O resultado desta atitude corajosa da comunidade você vai ver agora...

 

Muita vida marinha de grande porte e toda uma comunidade que já não vive do extrativismo, mas sim do Turismo Ecológico e Sustentável.

 

Mergulhe conosco no Parque Nacional Marinho de Cabo Pulmo, distante algumas horas daqui de La Paz, Baja Califórnia Sur, México

 

Pessoal, temos uma pescaria marcada para o dia 7 de setembro. Quem tiver interesse, entre em contato!

Prezados amigos pescadores sub, é com grande satisfação que informamos que já assinamos o contrato para a edição e produção de mais um DVD. Neste projeto, contaremos nossa viagem pelo litoral do Brasil, do Pará até o Sul. Convidamos pelo menos um pescador sub de cada Estado brasileiro onde se pratique a pesca sub, que enriquecerá o DVD com imagens 

belíssimas da nossa Costa.

 

Caso você tenha imagens de pesca sub de boa qualidade e queira participar desse projeto com a gente, nos mande uma mensagem.

 

 

Quer ter uma Lua de Mel inesquecível?

Faça como o Nycollas e a Bruna...

No final do mês de maio recebemos o ganhador da nossa promoção: Brasil Cristalino e Extreme Dive realizando seu sonho...

 

Com mais dois pescadores sub que também vieram do Brasil, fizemos uma pescaria muito descontraída e cheia de emoções, com cardumes de arraias, dentões, caranhas, olhos-de-boi e até um belo exemplar de badejo, sem falar de um tubarão "sardinero", como é chamado aqui, que quis provar o gosto da Go Pro que estava montada em uma haste de alumínio e que virou minha única arma de defesa contra ele...

 

Confira já este vídeo!

Fim de tarde no Mar de Cortez e as condições não podiam ser melhores. Mar piscina, nada de vento e água com mais de 15m de visibilidade. Depois de não podermos pescar em um dos pontos escolhidos por nosso guia pelo fato de um barco já estar ancorado lá pescando de “piola”, ou de mão, como falamos no Brasil, seguimos para o próximo da lista, igualmente bom, segundo o guia. Seria o último mergulho do dia, que já havia rendido dois olhos-de-boi, duas caranhas boas, badejos de porte médios e bonitos dentões.

  • Caranha, caranha, caranha...

Eu grito para os que ainda estavam na plataforma do Brasil Cristalino, prontos pra entrar na água.

 

A Lilian respondeu:

  • Ok. Tá bom, calma...